No inesperado mundo da internet, nem sempre é aconselhável ler os comentários de posts e matérias. Mas, em alguns casos, eles podem trazer histórias emocionantes de pessoas que mudaram de vida graças a programas de incentivo à educação superior, como o ProUni e FIES. 

O caso da bolsista do ProUni Rita Garrido, de 26 anos, que convidou o ex-presidente Lula para sua festa de formatura, inspirou muita gente a contar nas redes sociais suas histórias de conquistas. No facebook do ex-presidente Lula, não demorou muito para que inúmeros relatos semelhantes chegassem aos comentários do post sobre Rita. 

Em tom de carinho e agradecimento, as mensagens falam sobre a importância das políticas de inclusão dos governos de Lula e Dilma Rousseff, relatos sobre a felicidade de realizar o sonho do ensino superior, além de advogados formados pelo ProUni se colocando à disposição do ex-presidente, vendedor ambulante prestes a se formar graças ao FIES e muitos convites para futuras festas de formatura.

Entre os comentários, o amor ao ex-presidente Lula é o que mais se destaca. "Presidente, eu te amo muito! Graças ao senhor também me formei em Jornalismo, e hoje exerço a profissão colocando a inclusão social e o combate às desigualdades como foco do meu trabalho, assim como aprendi com você! Um grande abraço, estarei sempre contigo", escreveu Filipe de Paula. 

Para Vinícius Borges, Lula é o responsável em colocar os pobres na universidade. "Lula fez com que pessoas pobres e carentes conseguissem ingressar em uma faculdade para ser um cidadão de bem com um diploma, dando orgulho aos familiares". 

"Eternamente serei grata pelas políticas de inclusão dos governos Lula e Dilma. Quando fui entrar para a faculdade, ainda escutava que mulher só precisava casar e ter filhos. Obrigada, ex-presidente, por mostrar a todos que não é só isso", disse Keila Siqueira de Lima, jornalista formada pelo ProUni, com 50℅ da bolsa.

Fábio da Mata acredita que o pobre nunca foi tão acolhido e conta que tem duas graduações graças ao ProUni. "Sou graduado em administração via Prouni e também sei valorizar o que conquistei com meu esforço, o pobre só precisa de oportunidade. Nunca fui de colégio particular e hoje tenho duas graduações", diz. 

A ex-bolsista do ProUni Catiane Oliveira, hoje graduada e pós-graduada, disse que só tem a agradecer ao ex-presidente. "Jamais teria concluído sem esse programa social". 

Além dos agradecimentos, vários convites para que Lula e Dilma participem de festas de formatura pelo Brasil: 

As histórias retratam a realidade de pessoas que alcançaram sua maior conquista: o ensino superior. Graças ao ProUni, quase 1,7 milhão de jovens carentes conquistaram bolsas em instituições particulares de ensino superior e estão se tornando médicos, engenheiros, advogados. São pessoas que estão reescrevendo o próprio futuro e ajudando a transformar o Brasil. A democratização do acesso à universidade mostra que o conhecimento é a arma mais poderosa para combater as desigualdades.

Para saber mais sobre a revolução na educação realizada por Lula e Dilma, acesse o site do Brasil da Mudança

Voltar para o topo