Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a afirmar nesta quarta-feira (29) a importância de se retomar os investimentos na Educação, rompidos durante o processo do golpe. Em entrevista à Rádio Capital 95,9 FM, do Mato Grosso do Sul, Lula ressaltou que o desenvolvimento do país em todas suas esferas depende das políticas públicas voltadas para a Educação. "A Educação é o melhor investimento que podemos fazer", destacou.

O ex-presidente reforçou a necessidade de se promover um referendo para revogar medidas do governo Temer e de se garantir um "debate civilizado" nas eleições de 2018 para recuperar a estabilidade no país. "Na época das eleições a gente não coloca raiva e ódio na urna. A gente coloca esperança por um futuro. Espero que as eleições do ano que vem sirvam pra isso", ponderou.

Para Lula, desde 2013 o país passa por um período tumultuado e o debate político precisa ser qualificado. "O país não pode viver um clima tenso e pesado como está vivendo. O fato das pessoas terem partidos diferentes não precisa fazer delas inimigas", analisou.

Sobre a operação Lava Jato e a intensa agenda contra a figura do ex-presidente, Lula afirmou estar tranquilo e de cabeça erguida. "Se juntar todas as críticas que todos os presidentes da República já receberam não chega a metade das críticas que fazem a mim na Globo. Entretanto, depois de três anos investigando ainda não encontraram nada", concluiu.

Voltar para o topo