Foto: Ricardo Stuckert

"Vocês não sabem o que estou sentindo agora. Eu venho a esta região há muito tempo. Certamente 90% de vocês não tinha nem nascido quando eu vinha aqui", disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao iniciar seu quinto discurso do dia, na cidade de Itinga, acolhido por um aglomerado eufórico de moradores. 

Lula foi a Itinga reencontrar uma promessa de 89, a ponte sobre o Rio Jequitinhonha. "Fiquei emocionado de encontrar o companheiro balseiro. Lembro do sonho dessa ponte", disse. Itinga foi uma das primeiras cidades a receber Lula após a posse como presidente da República. "Tomei posse em 2003 e resolvi colocar os ministros em um avião e visitar as regiões que consideramos mais pobres no país", relembrou Lula.

Durante a visita a Itinga nesta quarta-feira (25), o ex-presidente finalmente reencontrou o balseiro, de quem guardava a memória de um homem calejado pelo trabalho duro no comando da balsa. E ao questioná-lo sobre o que faltava em Itinga hoje em dia, o trabalhador agora aposentado respondeu: "você voltar a ser presidente".

Paradas inesperadas

A caravana Lula por Minas Gerais saiu cedinho da cidade de Teófilo Otoni rumo ao município de Itaobim. A chegada a Itaobim, no entanto, demorou um pouco mais que o previsto. Moradores de três cidades pararam o ônibus da caravana na estrada para ver Lula de perto. O ex-presidente fez questão de descer do ônibus. As paradas ocorreram nas cidades de Catuji, Padre Paraíso e Ponto dos Volantes. 

Voltar para o topo