Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

A cerimônia de entrega do 26º título de doutor honoris causa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve momentos muito especiais. A fala de dois estudantes da Universidade Federal do ABC (UFABC), institutição que outorgou o título, emocionou a todos.

Gabriel Camargo, aluno do bacharelado em ciência e tecnologia e presidente do Diretório Central dos Estudantes, começou sua fala relembrando um encontro com Lula aos 9 anos de idade, na campanha de 2002. Ele contou como aquele momento foi marcante e ressaltou sua felicidade de levar o primeiro diploma de ensino superior para sua família.

O estudante falou da importância da criação da UFABC com uma proposta de unir excelência e inclusão social. Eles destaca que a região demandou uma universidade por muito tempo e que agora ela pode ser um campo gerador de conhecimento em municípios eminentemente industriais.

Já Guilherme Afonso Gomes Santos, estudante do bacharelado em ciências e humanidades, visivelmente emocionado, falou de seu pai Geovaldo Gomes dos Santos, que foi colega de sindicato de Lula. Ele lembrou que em sua infância conviveu intensamente com a luta dos trabalhadores e disse que considera que o título foi entregue "ao Lula e a toda a classe trabalhadores deste país".

Ele falou ainda que a nova geração deve lutar para melhorar ainda mais a vida dos brasileiros, construindo uma sociedade mais justa e menos desigual."Vale muito à pena lutar".

Sobre os modelos a seguir, Guilherme não deixou dúvidas: "Meu herói não era alto, forte, estrangeiro, ele era baixinho, barbudo e não falava inglês como Lula e meu pai".

Voltar para o topo