Postagens feitas por delegados da Lava Jato mostram a parcialidade que os acomete quando o assunto é Luiz Inácio Lula da Silva
Crédito: Montagem/Brasil247

O ex-presidente Lula sempre agiu dentro da lei antes, durante e depois de dois mandatos exercidos como presidente da República eleito pelo povo brasileiro. O ex-presidente jamais solicitou ou recebeu valores indevidos. As acusações absurdas e sem provas feita por um delegado que já declarou em redes sociais querer  "parar" o ex-presidente parecem ter o objetivo político de tirá-lo das eleições de 2018.  

Lula não é nem nunca foi proprietário dos citados imóveis. O ex-presidente aluga o apartamento vizinho ao que ele mora, em São Bernardo do Campo, e possui a comprovação do pagamento dos aluguéis. Alugar um imóvel é obviamente diferente de ser proprietário, como milhões de brasileiros que pagam aluguel sabem.

O Instituto Lula nunca construiu uma nova sede. Ele sempre funcionou em um sobrado adquirida em 1990 pelo Instituto de Pesquisas e Estudos do Trabalhador, entidade que precedeu o Instituto Cidadania, que depois virou Instituto Lula. Nem o Instituto Lula, nem Lula, jamais foram proprietário do referido terreno que segundo a PF seria para a sede do Instituto Lula, mas que nunca foi sede do Instituto e que é de propriedade de particulares sem qualquer relação com o ex-presidente.

Voltar para o topo