"O ex-presidente Lula teve seus sigilos fiscais e telefônicos quebrados, sua residência e de seus familiares sofreram busca e apreensão há mais de um ano, 68 testemunhas foram ouvidas em processos e não foi encontrado nenhum recurso indevido para o ex-presidente."

"Lula jamais solicitou qualquer recurso indevido para a Odebrecht ou qualquer outra empresa.
O ex-presidente jamais teve o apelido de "amigo". Se alguém eventualmente a ele se referiu dessa forma isso ocorreu sem o seu conhecimento e consentimento."
 
"Se delação premiada não é prova, o vazamento seletivo de suposta delação não tem qualquer valor jurídico e não pode dar base a qualquer ilação."

Voltar para o topo