Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se encontrou nesta quarta-feira (22) com o professor de Ciência Política da UFSCar Fernando Antônio Azevedo, autor de "A grande imprensa e o PT (1989-2014)", uma análise da cobertura feita pelos jornais impressos (O Globo, Estado de S. Paulo e Folha de S. Paulo) de notícias e editoriais relacionados ao Partido dos Trabalhadores e ao próprio Lula.

O livro tem o prefácio de Venício Lima e traz dados, gráficos e análises de como ao longo do período estudado a imprensa foi alterando as formas de crítica ao PT. O foco na mídia impressa é porque mesmo com os jornais perdendo leitores de sua versão impressa a cada ano, ainda são eles que em grande parte pautam as redes sociais e as emissoras de Rádio e TV.

O trabalho revela números impressionantes, como o fato de que em 2014, 62% dos editoriais do Estado de S. Paulo e 49,6% dos editoriais do Globo trataram do PT. Dos editoriais de O Globo sobre o PT em 2014, 93% deles foram negativos. 

Voltar para o topo