Foto: Ricardo Stuckert

Após passar pelas cidades de Barbalha, CratoIguatu, no estado do Ceará, o ex-presidente Lula encerrou nesta quarta-feira (21), em Fortaleza (CE), o primeiro dia de sua viagem pelo Nordeste. 

Lula participou de um comício ao lado de Luizianne Lins (PT-CE), candidata à prefeitura da capital cearense, e discursou para uma multidão que o recebeu com muito carinho. "Eu tenho uma história de vida que só tem sentindo porque ela foi construída junto ao povo brasileiro", disse o ex-presidente. 

Durante o comício, Lula falou sobre o desprezo da elite brasileira pelo povo e lembrou que, em apenas 13 anos, ele e a presidenta Dilma Rousseff revolucionaram a educação no Brasil. "Eu sou filho de pai e mãe analfabeta, mas com orgulho vou passar para a história como o presidente que mais fez universidades neste país". Para ele, "a educação é que garante aos seres humanos, independente da origem social, a igualdade de condições.", defende. 

Lula comentou ainda as acusações sem provas feitas a ele pela Lava Jato e pediu respeito. "Eles têm medo que um partido político e um governo que fez uma verdadeira revolução social neste país volte a governar. Mas se a preocupação é com 2018, se precisar, se preparem que eu vou voltar. Eles sabem que, quem sabe cuidar desse povo, sou eu", finalizou Lula.

A visita do ex-presidente ao Nordeste segue até o dia 23. As próximas paradas serão nos estados do Rio Grande do Norte e Pernambuco. Saiba mais: http://www.lula.com.br/lula-visita-tres-estados-do-nordeste

Assista ao discurso de Lula em Fortaleza: 

Escute o discurso do ex-presidente na íntegra:

Voltar para o topo