Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (8), em visita ao campus da UFRRJ, que, se voltar a ser presidente da República, tem intenção de federalizar o Ensino Médio. A pauta da Educação tem sido uma das mais presentes nos debates de Lula pelo Rio de Janeiro. 

"Alguns governadores têm pedido para que, se eu voltar, federalize os presídios. Eu digo que não. Os presídios ficam com vocês. O que eu quero federalizar, e já pedi pro Haddad (Fernando, ex-ministro da Educação) é o ensino médio deste país", afirmou Lula. 

Em sua primeira visita ao campus da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, inaugurada em seu governo, Lula foi recebido por uma multidão de estudantes e pelo reitor Ricardo Luiz Louro Berbara. A agenda foi marcada pela discussão do enfrentamento aos desmontes promovidos pelo atual governo no ensino superior.

Na avaliação do ex-presidente, o Brasil está começando a despertar de um período de anestesia após o período que sucedeu o impeachment. "Pra poder fazer a cirurgia e aplicar a anestesia, eles inventaram uma doença. Nós estamos anestesiados, mas ainda vamos sentir dor por essa cirurgia", analisou Lula.

Encerramento

A caravana Lula pelo Rio de Janeiro se encerra nesta sexta-feira (8), em ato na UERJ, às 18h.
 

Voltar para o topo