É uma pena que estejam requentando assuntos para mais ilações contra o ex-presidente Lula, que sempre agiu dentro da lei antes, durante e depois do seus dois mandatos como presidente. Já respondemos essas questões ao próprio blog do Fausto Macedo no dia 4 de maio e também em outras oportunidades. Verá no link abaixo informações sobre valores de palestras a partir de informações oficias já tornadas públicas, e link com informações sobre elas no relatório sobre todas as palestras efetuadas pelo ex-presidente. Como é de praxe na contratação de palestras, custos de deslocamento e hospedagem são de responsabilidade dos contratantes. Os próprios depoentes citados pelo jornal em declarações oficiais feitas em delação e julgamento não relacionam Lula com qualquer solicitação que teria sido feita, segundo os depoentes, cerca de 6 anos depois.

Luiz Inácio Lula da Silva não favoreceu nenhuma empresa nem intermediou nenhum negócio. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva atuou durante o seu mandato para promover o Brasil e suas empresas no exterior porque isso é um dever de um presidente da República e ajuda a gerar empregos no nosso país. E agiu sempre dentro da lei e a favor do Brasil.

http://www.institutolula.org/nota-documento-da-pgr-tem-erros-factuais

Voltar para o topo