Divulgação

Perdemos mais um grande cidadão, um grande companheiro, que contribuiu muito para um país mais humano e mais justo: o médico Antonio Lancetti. Argentino de nascimento, adotou o Brasil e contribuiu muito na luta anti-manicomial no nosso país, por um tratamento mais humano e como questão de  saúde pública para os viciados em drogas.

O seu trabalho sempre esteve associado ao que houve de mais avançado em iniciativas de saúde mental. Liderou junto com o saudoso Davi Capistrano a iniciativa revolucionária que acabou com os manicômios em Santos,  atuou em políticas nacionais e também em São Paulo para tratamento dos viciados em crack. Dedicou sua vida a compreender e ajudar alguns dos segmentos mais discriminados da nossa sociedade. Um exemplo de generosidade e atuação pela missão pública da saúde não só para a
classe médica como para todos os brasileiros.

Nesse momento de tristeza, dor e saudade, minha solidariedade a todos os parentes, familiares, amigos e alunos de Antonio Lancetti.

Luiz Inácio Lula da Slva

Voltar para o topo