Foto: Luiz França

A Bancada de Vereadores do PT de São Paulo protestou nesta terça-feira (10), na Câmara Municipal, contra a prisão arbitrária e sem provas de Luiz Inácio Lula da Silva.

Os vereadores do PT decidiram obstruir os trabalhos na Casa em defesa da liberdade do presidente Lula, por considerarem uma afronta à Constituição e ao estado democrático de Direito.

"O país vive uma grave crise institucional, com riscos graves à democracia. É uma violência à democracia excluir o presidente Lula das eleições. Nós consideramos que o momento grave exige uma postura também grave da nossa Bancada. Por isso, nós obstruiremos a sessão hoje, inclusive os projetos dos vereadores. Consideramos que é fundamental marcar a nossa posição e externá-la", protestou o líder da Bancada do PT, Antonio Donato Madormo.  

Também como forma de protesto e solidariedade, os vereadores mudaram seus nomes no painel eletrônico do plenário da Câmara Municipal. Todos os nove vereadores acrescentaram em seus nomes “Lula” para lembrar que a Bancada do PT de S˜o Paulo não descansará enquanto o ex-presidente, preso injustamente, não estiver em liberdade.  

 

Voltar para o topo