26 de julho de 2018

Criada no Morro do Preventório, comunidade da cidade de Niterói – ­RJ, Carolina de Oliveira Lourenço se tornou MC Carol ainda adolescente, quando passou a ser convidada para participar dos bailes da região.

Hoje, a cantora de funk possui um repertório com hits consagrados como “Não Foi Cabral’, “Onda Forte”, “Eu te amo” e “Minha vó tá maluca”.

Por seu jeito irreverente e sincero, além de suas letras irônicas e bem humoradas sobre o cotidiano da favela, Carol ganhou o público.

MC Carol também é reconhecida como um símbolo feminista e da luta contra o racismo.

No Festival Lula Livre, neste sábado, 28 de julho, nos Arcos da Lapa, na cidade do Rio de Janeiro, o funk de MC Carol é uma das atrações.