18 de agosto de 2018

Um dos maiores jornais da França, o Le Monde, afirmou que, como o Brasil ratificou o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos e o Protocolo Opcional associado das Nações Unidas, ele “é tecnicamente obrigado a respeitar as decisões” do Comitê de Direitos Humanos da ONU.

O comitê determinou, nesta sexta feira (17/08), que o Estado Brasileiro “tome todas as medidas necessárias para permitir que Lula (…) exerça seus direitos políticos da prisão, como candidato nas eleições presidenciais de 2018″ e, também, para “não impedir que Lula concorra nas eleições até que todos os recursos pendentes de revisão contra sua condenação sejam completados em um procedimento justo”.

Abaixo, Cristiano Zanin, advogado de Lula, analisa como a notícia da determinação do Comitê da ONU foi publicada nos três principais jornais do Brasil, neste sábado (18/08).