25 de agosto de 2014

Dez anos após sua criação, o programa “Brasil Sorridente” conta com 23.100 equipes de odontologia trabalhando quase cinco mil municípios, onde vivem 80 milhões de pessoas. Isso faz dele o maior programa gratuito de saúde bucal do mundo. No lugar da prática mutilatória de arrancar dentes, os brasileiros agora contam com milhares de equipes odontológicas que fazem parte da Estratégia Saúde da Família. Para os casos mais complexos, foram criados os Centros de Especialidades Odontológicas, que oferecem tratamentos de canal e pequenas cirurgias. Além disso, desde 2010, 1.650 laboratórios estão fazendo algo inédito na história da saúde pública no país: produziram mais de um milhão de próteses dentárias. Elas foram entregues gratuitamente a pessoas que tiveram suas bocas mutiladas no passado.

Saúde bucal é uma questão importante e que por muito tempo foi negligenciada. Em 2004, quando o Brasil Sorridente foi criado, um em cada cinco brasileiros já tinha perdido todos os seus dentes. Atualmente, as equipes do Brasil Sorridente conquistaram também vitórias na prevenção à cárie e o Brasil já faz parte do grupo de países com baixa incidência de cárie dentária, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), com uma média menor do que a dos países das Américas.

Hoje, com investimentos de R$ 7 bilhões no Brasil Sorridente, milhões de brasileiros podem novamente sorrir orgulhosos.

Quer saber mais sobre o que mudou na saúde nos últimos 12 anos? Acesse o site Brasil da Mudança.