28 de julho de 2021

“Eu levanto todo dia 5h da manhã pra fazer minha ginástica. Me preparo todo dia porque quero chegar inteiraço na eleição e partir pro ataque representando o Brasil.
Agora o Bolsonaro decidiu me copiar e começar a dar entrevista pra rádio. Eu acho até melhor porque pelo menos ele não fica mentindo desde a 5h da manhã. Agora tem que responder pra jornalista.
Na minha vida perdi 4 eleições. Sempre ia pra casa me preparar pra próxima… Já quem ganha tem que governar. Mas o Bolsonaro é um pregador de ódio. Só sabe transmitir ódio cada vez que abre a boca.
Ele ficava falando que ia acabar com a “a velha política”… Qual é a nova política do Bolsonaro? Ficar refém do centrão? Não cumpriu uma coisa que falou. Falava tanto de corrupção… Ainda ontem a noite eu vi o Queiroz ameaçando ele.
E quem tá pedindo pra eu ser candidato a vice deveria se lançar candidato a presidente… Quem quiser evitar polarização, se candidate. É simples. Cada partido que tiver incomodado, basta lançar candidato.
Eu nunca fui presidente de mim mesmo. Era presidente do Brasil. Eu tinha um conselho que incluía desde o sem terra ao fazendeiro. E ouvia todo mundo. Hoje temos um presidente que não conversa com ninguém. Isolado. O que nós precisamos é de um presidente civilizado, humanista”, Lula.