10 de junho de 2018

O Instituto Datafolha divulgou neste domingo (10) mais uma pesquisa em que a liderança de Lula segue isolada na disputa das eleições de outubro. Com 30%, Lula registra a preferência do eleitorado mesmo frente à perseguição que culminou em sua prisão política há dois meses.

De acordo com a pesquisa, sem Lula, mais de um terço do eleitorado brasileiro se diz sem opção. O levantamento ouviu 2.824 pessoas, de 174 municípios entre os dias 6 e 7.

Atrás de Lula, o deputado federal Jair Bolsonaro figura com 17% das intenções de voto, seguido por Marina Silva com 10%, Geraldo Alckmin e Ciro Gomes, ambos com 6% e Álvaro Dias com 4%.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais e para menos.

Nas simulações de segundo turno, Lula vence disparado sobre todos os adversários, alcançando até 49%. Quando a pesquisa propõe um cenário sem o presidente, o número de abstenções é maior que as intenções de voto no candidato vencedor.

“Chama que o homem dá jeito”

Enquanto isso, o Datafolha revela o aumento da rejeição a Temer e ao governo ilegítimo que conduz o país ao aprofundamento da crise política e econômica. Temer superou seu próprio recorde e já conta com 82% de rejeição, sendo o presidente mais reprovado desde a redemocratização.