20 de dezembro de 2018

Após presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli, derrubar na noite desta quarta-feira (19) a decisão do ministro Marco Aurélio Mello que suspendia execução de pena após a condenação em segunda instância, a Defesa do ex-presidente Lula já protocolou petição para que alvará de soltura do ex-presidente Lula seja cumprido.

“Apesar de haver veiculação pela imprensa de que o eminente ministro Dias Toffoli teria suspendido liminar, cabe salientar que a larga jurisprudência desta Suprema Corte revela ser manifestadamente descabido o pedido de suspensão”, diz trecho da petição assinada pela equipe jurídica do ex-presidente Lula.

Leia a íntegra da petição