11 de abril de 2019

O site Cartas pro Lula continua publicando novas mensagens de personalidades para o ex-presidente, que se encontra injustamente encarcerado há um ano. Frei Betto estava com Lula na data de sua primeira prisão, em 1980, e também no sindicato dos Metalúrgicos, em 7 de abril do ano passado. Frade dominicano e escritor com 60 livros publicados, foi preso político durante a ditadura militar e assessor especial do Programa Fome Zero nos dois primeiros anos do governo Lula.

“Quanto mais tentam esmagá-lo, mais você cresce. Em todo o mundo há mobilizações pró “Lula livre”. Ao proferir conferências no exterior e dedicá-las em sua homenagem, seu nome tem sido efusivamente aplaudido”, contou o frade e amigo de Lula.

Frei Betto visitou Lula por duas vezes na prisão. Fala sobre essas visitas na carta, que pode ser lida na íntegra aqui.

Ele termina assim:

Nada haverá de calá-lo, Lula. Mesmo quando a morte o surpreender. Faça sempre de sua voz a voz dos que não têm voz nem vez, impedidos de falar e atuar. Você representa milhões de brasileiros e brasileiras que não venderam a alma às mentiras virtuais e às infundadas acusações judiciais.

Como dizia nosso amigo Henfil, ainda que esmaguem uma flor, não haverão de deter a primavera.

Clique aqui e conheça o projeto Cartas Pro Lula

Do Instituto Lula