17 de novembro de 2016

O advogado australiano Geoffrey Robertson criticou nesta quarta-feira (16), em Genebra, na Suíça, as irregularidades cometidas pelo juiz de primeira instância na Lava Jato, Sérgio Moro. 

“A coisa mais extraordinária é que mesmo depois de Moro se comportar dessa forma, dizendo literalmente dezenas de vezes que Lula é culpado, ele seja agora o juiz que vai julgá-lo. Isso é bizarro para qualquer pessoa que viva sob o Estado de Direito. Não se pode ter um juiz parcial.”, disse Geoffrey Robertson

 

Confira o vídeo:

Vídeo: Ricardo Stuckert