28 de julho de 2016

O jornal O Globo e a TV Globo voltaram a divulgar notícias velhas, com ilações caluniosas e falsas acusações ao ex-presidente Lula. Dessa vez, trata-se de suposto relatório da Polícia Federal sobre o sítio de Atibaia, que não pertence e nunca pertenceu ao ex-presidente.

Na ausência de qualquer prova ou indício suficientemente forte para sustentar uma denúncia contra Lula, os vazadores da Lava Jato vêm repetindo ilações antigas, sob o pretexto de que agora constariam de relatórios da operação. Isso se chama propaganda opressiva, e foi denunciada recentemente em artigo do jornalista Ricardo Amaral.

Esse tipo de matéria alimenta a rede profissional dos difamadores de Lula, os jornais conservadores do país, emissoras de radio e TV, promovendo um verdadeiro julgamento pela mídia, no qual é negado o direito de defesa.

A verdade sobre o patrimônio do ex-presidente Lula está neste link:

http://www.institutolula.org/o-que-o-ex-presidente-lula-tem-e-o-que-inventam-que-ele-teria

 

ÍNTEGRA DA RESPOSTA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE LULA  À TV GLOBO

Não temos conhecimento dos laudos vazados ilegalmente para a TV Globo pela Operação Lava-Jato. O ex-presidente reafirma que não é o proprietário do sítio, que é, conforme está na escritura, de Fernando Bittar. Lula também não é dono de apartamento no Guarujá ou em qualquer outro lugar do litoral brasileiro. O ex-presidente sempre agiu dentro da lei antes, durante e depois da presidência da República, por isso é reconhecido em pesquisas como o melhor presidente da história do Brasil.