01 de setembro de 2018
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

“O Bolsa Família lançado por Lula foi o que fez com que o povo aqui não morresse a metade, porque a renda era essa. A gente não tem como agradecer ao Lula o Bolsa Família lançado para o bem dessa comunidade. A gente fala que se não fosse o Lula, a gente não sabe como estaria hoje a situação desse povo pobre”.

Esse depoimento de Amaro Félix Filho, morador do Quilombo Tacabaria, em Arapiraca, Alagoas, é apenas um entre as milhares de histórias de vida transformadas no estado pelo Bolsa Família durante os governos do PT, e que agora estão sendo arruinadas pelas ações do governo ilegítimo de Temer e do PSDB.

Neste domingo (2/9), o petista Fernando Haddad estará com o povo de Alagoas para levar a mensagem de que a esperança de um Brasil feliz de novo pode ser realidade, porque o PT tem um plano para governar o país e implementará novamente políticas sociais e econômicas para promover o bem-estar de todos.

foto – Ricardo Stuckert

Vidas transformadas
No campo e na cidade, o povo de Alagoas teve suas condições de vida transformadas, quando o PT governou o país.

Milhares de alagoanos superaram a pobreza com os programas de transferência de renda dos governos de Lula e Dilma. Em abril de 2016, 399 mil famílias eram atendidas mensalmente pelo Bolsa Família. Entre essas, 47,9 mil famílias eram de agricultores familiares, outras 4 mil eram de quilombolas e 2.200 de indígenas. Entre 2011 e 2016, mais de 800 mil alagoanos saíram da extrema pobreza.

A falta de emprego e oportunidades, que foi uma triste marca do estado por décadas a fio, também foi mudada. Em Alagoas, foram criados 175,2 mil empregos com carteira assinada, uma variação de 56,2% na comparação com 2003.

Infelizmente, hoje, depois do golpe de 2016 capitaneado por Temer e o PSDB, houve um grande retrocesso. Só em Alagoas, há 200 mil pessoas desocupadas (17,3%) e outras 230 mil já perderam a esperança de encontrar emprego – são as chamadas desalentadas.

Preocupação com o futuro
Nada reflete mais um futuro promissor do que a educação. Quando o PT esteve à frente da presidência da República, isso foi levado muito a sério.

Só em Alagoas, o número de matrículas na rede federal de ensino técnico cresceu quase cinco vezes, passando de 1.760, em 2002, para 8,5 mil, em 2015. O Pronatec garantiu vagas para 171,4 mil jovens alagoanos.

Antes de Lula, existiam apenas quatro escolas técnicas no estado. Com o PT, foram criadas 12 novas unidades, sem contar a Escola Técnica de Artes da Universidade Federal de Alagoas – UFAL.

No ensino superior, as matrículas no estado mais que triplicaram: de 31,3 mil, em 2002, passamos para 101,4 mil, em 2015. O Prouni atendeu 13,4 mil alunos do ensino superior com bolsas de estudos e outros 32,2 mil foram beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). E ainda foram criados seis novos câmpus universitários, interiorizando os centros de ensino superior.

Também a educação infantil recebeu atenção especial. O número de matrículas em creches mais que duplicou no estado: eram 9,8 mil, em 2002, e passaram para 26,6 mil, em 2015.

Promovendo o bem-estar
Os governos do PT sempre tiveram uma preocupação especial em garantir uma vida melhor aos brasileiros, e não foi diferente em Alagoas.

O programa Minha Casa Minha Vida tornou realidade o sonho da casa própria para 77 mil famílias até maio de 2016, quando também foram contratadas outras 41.987 moradias para serem construídas no estado.

foto – Ricardo Stuckert

A falta de água, que sempre castigou o alagoano que vive no sertão, deixou de ser problema para milhares de famílias, por meio do Água para Todos, que instalou 50.164 cisternas para consumo e 8.880 para a produção agrícola.

Na saúde, 821 equipes de Saúde na Família chegaram a 101 munícipios e foram implantadas 214 farmácias populares por todo o estado. O programa Saúde não Tem Preço beneficiou 271,3 mil alagoanos com a distribuição de medicamentos gratuitos.

E a inclusão digital por meio do Programa Nacional de Banda Larga atingiu todos os 102 municípios alagoanos, proporcionando internet a preços populares.

Esses são apenas alguns exemplos de ações realizadas pelos governos do PT em Alagoas e que refletem o compromisso de garantir uma vida melhor a todos. O PT tem um plano de governo para fazer o Brasil feliz de novo!