24 de outubro de 2018

Na manhã desta quarta-feira (24/10), a hashtag #BolsonaroPreDsidente estava entre os assuntos mais comentados do Twitter, com mais de 7,3 mil tuítes de interação. A grafia errada da palavra “presidente” compartilhada tantas vezes mostra que a ação é impulsionada por robôs.

Um levantamento da Diretoria de Análise de Políticas Públicas (DAPP) da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostrou que, na semana entre 10 e 16 de outubro, 70,7% dos tuítes identificados como sendo gerados por máquinas são ligados à campanha de Jair Bolsonaro. Isso quer dizer que 5 a cada 7 tuítes a favor do candidato do PSL foram gerados por robôs. 

Vale lembrar que, na semana passada, a Folha denunciou “doação” ilegal de empresas à campanha de Bolsonaro via contratação de envio de mensagens em massa contra o PT pelo WhatsApp.