29 de janeiro de 2019
Foto: Ricardo Stuckert

Há oito anos, no dia 28 de janeiro de 2011, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebia seu primeiro título de doutor honoris causa. A homenagem, da Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, lhe havia sido oferecida em dezembro de 2003, mas Lula decidiu que não aceitaria nenhum título enquanto ocupasse a Presidência da República.

Lula foi escolhido como paraninfo dos formandos daquele ano e recebeu o título durante a cerimônia de colação de grau da UFV. O ex-presidente foi homenageado “em reconhecimento por sua permanente luta em defesa das causas sociais brasileiras”. Durante seus dois mandatos, Lula criou 14 universidades federais, levando dezenas de campi ao interior do país. Graças a suas políticas educacionais como Prouni e Fies, o filho do pedreiro passou a poder ser doutor. O número de universitários passou de 3,5 milhões em 2002 para 6,8 milhões ao final do governo Lula. Cumprindo sua promessa de campanha, afastou a fome do dia-a-dia de milhões de brasileiros e, com o Bolsa Família, tirou 36 milhões de pessoas da extrema pobreza.

“A vida não me deu a oportunidade de entrar na universidade como aluno, mas posso dizer que fui abençoado com a chance de resgatar a dignidade da universidade brasileira como presidente da República. Por isso, hoje me sinto em casa na casa de vocês. Sou, mais do que nunca, um homem apaixonado pelo potencial libertador que a educação promove em todo o mundo.”

Lembrando o preconceito que sempre sofreu por não ter diploma universitário, Lula não escondeu o orgulho pela homenagem: “Vocês não imaginam o que vai acontecer neste mundo agora, quando as pessoas olharem para mim com desdém, porque eu não tenho diploma universitário, e eu vou mostrar a foto, vestido como doutor honoris causa de Viçosa”, disse em seu discurso.

35 títulos recebidos, 71 outorgados

Lula já recebeu título honoris causa da da Universidad Mayor de San Marcos, no Peru, a mais antiga das Américas; da Universidade Federal do ABC em São Paulo; da Universidade de Coimbra, em Portugal; da Universidade Federal de Pernambuco, da Politécnica de Lausanne, na Suíça; da Universidade Federal do Rio de Janeiro; pela Sciences-Po, de Paris; Universidad de La Plata na Argentina; da Universidade de Salamanca na Espanha, pela Universidad Andina Simón Bolívar do Equador; entre outras instituições nacionais e internacionais. E ainda tem outros 36 títulos concedidos a receber.

Em maio de 2017, ao receber títulos de oito universidades da Argentina, Lula sintetizou o sentimento de orgulho que o Brasil inspirava no mundo. “Eu recebo esses diplomas com muito orgulho, porque sei que eles também reconhecem o lugar que o Brasil conquistou no mundo durante essa última década. Conquistamos um lugar que merecemos e também recuperamos nossa autoestima. Sentimos orgulho da nossa própria pátria, daquilo que somos e daquilo que podemos nos tornar”.

Em setembro do ano passado, após ser encarcerado injustamente e sem provas, Lula recebeu em cerimônia solene na Universidad Nacional del Comahue, na Argentina, seu 35º título de doutor honoris causa, se tornando um dos brasileiros com mais honrarias na história do país.

Diante de tamanho reconhecimento – nacional e internacional – e com sua prisão política, fica a questão: a quem interessa calar um dos brasileiros mais admirados mundo afora de nossa história?

Veja a lista completa de títulos doutor honoris causa já recebidos por Lula:

1. Universidade Federal de Viçosa

2. Universidade de Coimbra (Portugal)

3. Universidade Federal da Bahia

4. Instituto de Estudos Políticos de Paris – Sciences Po (França)

5. Universidade Federal Rural de Pernambuco

6. Universidade Federal de Pernambuco

7. Universidade de Pernambuco

8. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

9. Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

10. Universidade do Estado do Rio de Janeiro

11. Universidade Federal Fluminense

12. Universidade Federal do Rio de Janeiro

13. Universidade da Integração Intern. da Lusofonia Afro-Brasileira

14. Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (Argentina)

15. Universidad San Martín (Argentina)

16. Universidad de Lanús (Argentina)

17. Universidad Tres de Febrero (Argentina)

18. Universidad de La Plata (Argentina)

19. Universidad de Córdoba (Argentina)

20. Universidad San Juan (Argentina)

21. Universidad de Cuyo (Argentina)

22. Universidad Mayor de San Marcos (Peru)

23. Escuela Politécnica del Litoral (Equador)

24. Universidad Andina Simón Bolívar (Equador)

25. Universidade de Buenos Aires (Argentina)

26. Universidade Federal do ABC

27. Universidade de Salamanca (Espanha)

28. Universidad de Aquino (Bolívia)

29. Universidade Metropolitana da Educação e do Trabalho (Argentina)

30. Universidade Nacional de La Matanza (Argentina)

31. Universidade Federal do Sergipe

32. Universidade Regional do Cariri

33. Universidade Estadual de Alagoas

34. Universidade Federal do Piauí

35. Universidad Nacional del Comahue (Argentina)

Do Instituto Lula