30 de setembro de 2018

Durante debate na Rede Record entre os presidenciáveis, neste domingo (30/9), Fernando Haddad (PT) falou que defende a democracia, a paz, os direitos sociais, civis e trabalhistas e falou dos critérios para fazer coligação com forças democráticas e populares. “Os partidos que estão conosco são PROS e PCdoB. Procuramos fazer uma ampla coalizão com o campo democrático popular. Para nós não existe outro regime senão a democracia”, disse Haddad.

Segundo Haddad, uma futura coligação no segundo turno, será com gente que defende o povo, o povo mais pobre que precisa do estado. “Nós acreditamos na democracia. Não acreditamos em violência, mas na educação e no trabalho”, explicou.

Para Haddad somente com trabalho e educação que iremos sair dessa crise: “gostaria que todo brasileiro tivesse um livro em uma mão, uma carteira de trabalho assinada na outra”.

Quer saber sobre as propostas de Haddad para a educação e para a educação de empregos? Você pode baixar nosso Plano de Governo ou acessar os links abaixo, sobre o #DebatenaRecord:

#DebatenaRecord: educação superior e Fundeb

#DebatenaRecord mostra a cara de quem apoia desemprego e menos trabalho