20 de setembro de 2016

A Confederação Sindical Internacional (ITUC/CSI), que representa 180 milhões de trabalhadores sindicalizados de 162 países, lança nesta terça-feira (20) a campanha internacional “#Standwithlula” (“Estamos com Lula”). Segundo Sharan Burow, secretária-geral da ITUC/CSI, o objetivo é defender o ex-presidente de abusos judiciais no Brasil e denunciar os “poderosos interesses” que tentam impedir sua livre atuação política.

A campanha está sendo divulgada em Nova Iorque, simultaneamente à abertura da Assembleia Geral da ONU. Estiveram presentes alguns dos mais expressivos dirigentes sindicais dos Estados Unidos, como Tefere Gebre, da AFL-CIO. O ato também reuniu advogados, juristas e defensores dos direitos humanos com atuação internacional. O ex-presidente Lula foi convidado a fazer uma saudação por meio de teleconferência.

Confira:

O renomado defensor dos direitos humanos Geoffrey Robertson apresentou a ação movida na Corte da ONU em Genebra, contra os abusos cometidos pelos operadores da Lava Jato. O advogado Cristiano Zanin Martins falou sobre a caçada judicial e midiática a Lula no Brasil, na condição de advogado do ex-presidente.

A campanha “Stand with Lula” e o ato desta tarde são promovidos e financiados pela ITUC/CSI.