07 de maio de 2022

O Movimento Vamos Juntos pelo Brasil foi lançado neste sábado, 7, em um grande evento que reuniu a militância dos partidos progressistas, dos movimentos populares, sindicatos e organizações sociais de todo o país. Durante o evento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, pediram união para resgatar o Brasil da atual crise.

Lideranças políticas presentes ao evento avaliaram a importância da unidade das forças democráticas do país em torno de um projeto de reconstrução do Brasil. Veja algumas declarações:

É muito emocionante estar nesse ato com todos os partidos que apoiam esse grande movimento que é se unir a favor do Brasil e do povo brasileiro. É um momento importante da política nacional porque mostra que tem um campo firme para defender a democracia, defender os direitos do povo, defender os que mais precisam. É um marco importante e agora começa a nossa luta. A oficialização da pré-candidatura do presidente Lula, junto com Geraldo Alckmin também contribui para este movimento tomar corpo e nós conseguirmos mostrar para o Brasil que tem saída para a crise em que nós estamos.

Gleisi Hoffman, presidenta nacional do PT


O Brasil precisa ser reconstruído. Anos terríveis, um governo irresponsável, que fez o Brasil andar para trás. E o presidente Lula está preparado para este desafio, junto com o conjunto de forças democráticas, partidos que querem contribuir para essa reconstrução. E o PSB, meu partido, tem Geraldo Alckmin pré-candidato junto com Lula, a vice-presidente, e vamos reconstruir juntos. Lula com toda sua experiência, com toda a sua determinação de fazer o Brasil voltar a crescer, de diminuir desigualdades, acabar com a pobreza, gerar emprego e renda, vai ter com certeza o apoio do povo brasileiro e o PSB vai contribuir muito para o presidente ter o êxito necessário para fazer o Brasil voltar a andar pra frente.

Paulo Câmara, governador de Pernambuco (PSB)


Hoje é um dia muito especial. Nós estamos confirmando a pré-candidatura de Lula, com Alckmin vice. É o Movimento Vamos Juntos pelo Brasil! Nós não podemos deixar o Brasil seguir à deriva e o ano da eleição é o melhor momento para se dar uma resposta. A melhor resposta é fazer o povo voltar a ser feliz de novo. Ser feliz de novo é garantir a retomada do crescimento econômico, pleno emprego, que o povo tem saudade e referência no ciclo político em que Lula governou esse país. Por isso, nós estamos aqui com alegria, com ousadia. Porque para enfrentar o ódio e a intolerância, a vacina é alegria, é a perspectiva que essa frente pode dar, com Lula comandando o Brasil novamente.

Luciana Santos, presidenta nacional do PCdoB e vice-governadora de Pernambuco


Nós estamos vivendo um momento trágico na vida do país já há muitos anos, e a única perspectiva e esperança de mudança mesmo é com o Lula presidente. Pela sua experiência, pela sua origem, pelo seu compromisso com o povo. Portanto, é uma tarefa histórica que estamos assumindo nesse momento, porque para além de eleger o presidente da República, nós estamos criando as condições para mudar o país, para retomar o curso que foi interrompido de construção e consolidação da democracia em nosso país. É muito importante esse momento e é importantíssimo o papel do Lula nesse processo, sobretudo juntando as forças políticas de fato comprometidas com tudo aquilo que o povo construiu ao longo de décadas, de séculos e que está sendo destruído em poucos anos por este governo genocida.

Luiza Erundina, deputada federal (PSOL-SP)


O movimento de união de todos os brasileiros pela reconstrução do Brasil tem na figura do Lula uma figura imprescindível. Alguém que pode promover uma união de todos os brasileiros para que o país recupere a sua imagem internacional, recupere a sua capacidade de gerar emprego, gerar renda. Para que o Brasil volte a ter inflação sob controle e portanto melhore as condições de vida de toda a população. O Lula é essa pessoa capaz de unir dos trabalhadores, dos movimentos sociais aos empresários. Ou seja, é a união de todo o Brasil a favor da retomada do crescimento e da qualidade de vida de todos os brasileiros.

Rui Costa, governador da Bahia (PT)


Esse ato lançando a pré-candidatura de Lula consolida a hipótese de uma frente de recuperação do Brasil. Dá uma amplitude e nos dá a todos a certeza de que o Lula é indispensável desse projeto liberal que é um fracasso. Eu tenho certeza da eleição do Lula, pelas suas qualidades, mas tenho também em função do desastre que o liberalismo econômico provoca na economia nacional.

Roberto Requião, ex-governador do Paraná (PT)


Esse é um ano histórico, vai ser o ano das nossas vidas enquanto sociedade, enquanto nação. Nós estamos numa encruzilhada para derrotar o atraso. Essa não é uma eleição qualquer. É uma eleição da democracia derrotar a barbárie. E o Lula representa a democracia, os direitos sociais nessa eleição. Hoje, esse lançamento tem de ser o início de uma grande campanha de mobilização no país todo para derrotar o bolsonarismo e eleger Lula presidente do Brasil.

Guilherme Boulos, coordenador nacional do MTST (PSOL-SP)