27 de maio de 2022
Foto: Ricardo Stuckert

Em evento na noite de hoje (27) com movimentos populares, em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o desgoverno com a inflação, principalmente dos combustíveis, que vem reduzindo o poder de compra da população e deixando os mais pobres com fome. Lula destacou que o controle dos preços é responsabilidade do governo federal e disse não ser possível a situação atual do país, onde o povo pobre não consegue mais comprar um botijão de gás com um salário mínimo.

“Não é possível que as pessoas estejam cozinhando com querosene e com lenha porque o botijão de gás fugiu ao controle de preço, que é da responsabilidade do governo federal. O preço do combustível e metade da inflação desse país é única e exclusivamente da responsabilidade do desgoverno que nós temos nesse país”, disse o ex-presidente.

Lula também criticou a onda de privatização do patrimônio nacional, como a Eletrobras e a Petrobras. “Quer privatizar tudo que esse país construiu em nome do povo brasileiro”, disse, lembrando ações de seu governo, como a descoberta do pré-sal e o processo de capitalização da Petrobras, que a colocou como segunda empresa de energia mais poderosa do mundo.

Veja e outras declarações de Lula durante seu discurso no evento