19 de outubro de 2021

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa na noite desta quarta-feira (20/10), de forma virtual, da abertura da 16ª Plenária Nacional da Central Única dos Trabalhadores – CUT. O encontro vai reunir, até 24 de outubro, mais de 950 delegados sindicais de todo o país, para debater estratégias para defender a classe trabalhadora no atual cenário de crise econômica e social.

“Na Plenária Estatutária, vamos debater este cenário adverso, as novas formas e modalidades de trabalho e apontar caminhos imediatos e futuros para a organização da nossa Central de forma a representar esses trabalhadores e trabalhadoras”, diz o presidente nacional da CUT, Sérgio Nobre.

Nos últimos anos, a partir do golpe de 2016, os trabalhadores sofreram com perdas de direitos, empregos e renda, com a alta da inflação, a volta da fome e da pobreza. São mais de 14,4 milhões de brasileiros sem emprego, segundo o IBGE. Os que conseguiram ocupação, tiveram queda de renda. Levantamento da consultoria IDados, com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad), mostrou que em junho deste ano o rendimento médio do trabalhador teve uma queda de quase 7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Homenagem

Na abertura do evento, a partir das 19h, a entidade fará homenagem póstuma aos ex-presidentes da CUT João Felício, falecido em 2020, e Kjeld Jakobsen, falecido este ano.

Acompanhe 16ª Plenária Nacional da CUT e a participação de Lula: