02 de agosto de 2018
Ricardo Stuckert - Instituto Lula

 

Na manhã desta quinta (2/8), a radialista Cinthia Lages, da Rádio Meio Norte, leu em seu programa trechos de carta enviada pelo ex-presidente Lula. Na carta, Lula fala sobre a situação do Piauí, sobre a força do governador Wellington Dias e manda recado para o povo piauiense. Vale lembrar que Lula lidera as pesquisas no Piauí, com 68,43% das intenções de voto.

Confira a íntegra da carta e o vídeo de Cinthia no programa desta quinta (2):

Cara Cinthia Lages,

Como você sabe, há mais de cem dias me encarceraram na sede da Polícia Federal em Curitiba sem uma única prova e aqui me encontro impedido de falar com você e seus ouvintes como sempre fiz. Quero informá-los que estou firme e cada dia mais preocupado com a situação do povo brasileiro.

Permaneço com firmeza, pois tenho consciência tranquila da minha inocência, enquanto os que me prenderam com bases em mentiras ficam cada vez mais raivosos. E saiba que eu me preocupo muito mais com as maldades que estão fazendo com o nosso país do que com a minha própria situação. Mas também estou indignado, pois está cada vez mais claro que só estou aqui porque não querem meu rosto nas urnas no dia 7 de outubro.

O Piauí só não está sofrendo mais porque tem o companheiro Wellington Dias governando o estado com o brilhantismo e esforço incansável dele. Eu soube que no estado o investimento do governo federal em educação caiu consideravelmente e o Bolsa Família, que tem uma forte atuação no estado, vem cortando sistematicamente o número de beneficiados. A Universidade Federal do Piauí que teve seu maior crescimento no meu governo, hoje vem perdendo recursos e passa por dificuldades, prejudicando o andamento de pesquisas e o desenvolvimento do estado, que virá do conhecimento e da educação.

Essas são as razões que me levam a reafirmar nesta carta para você e para o povo piauienses que sou sim candidato à Presidência da República pelo PT, pois não me conformo com o sofrimento dos mais pobres e a injustiça que está se abatendo sobre os trabalhadores do nosso país.

Prometo que assim que a justiça for restabelecida e eu estiver livre novamente, voltarei mais uma vez ao Piauí, porque eu não sou que nem outros candidatos que só aparecem aí para pedir voto, e novamente encontrar o seu povo e ir ao seu programa conversar com você.

Um grande abraço,

Luiz Inácio Lula da Silva