16 de maio de 2022

No último dia 5 de maio, o ex-presidente Lula teve um encontro com estudantes e educadores na Unicamp, a Universidade de Campinas (SP). Nos depoimentos gravados pela nossa equipe, muitas são as mensagens de esperança por um futuro que a gente lembra.

As pessoas que estiveram lá tinham um desejo uníssono de mudança. “Lula é o homem que já mudou o Brasil e que vai mudar o Brasil de novo”, disse uma jovem”. “Ele é o único que pode derrotar Bolsonaro, e nós precisamos virar essa página da história. Porque ele foi o melhor presidente que já tivemos”, falou outro entrevistado.

“O Lula, por seu histórico, é um aliado do povo. E eu acredito que ele é uma esperança para que a gente possa derrubar o governo Bolsonaro”, declarou um rapaz que esteve presente ao evento.

“Quando ele assumiu a presidência, os pobres estavam em uma situação precária, e ele veio e tirou os pobres dessa situação. Melhorou alimentação, escola, ajudou aqueles que não tinham emprego, mães solteiras, viúvas…”, disse uma entrevistada.

Em uma aula magna para milhares de estudantes da Unicamp, em Campinas (SP), Lula defendeu o legado dos governos petistas na educação brasileira, comemorou a mudança no “rosto” das universidades e falou sobre o que motivou a decisão de investir em programas educativos como o Fies e o Prouni e criar dezenas de campus de universidades e institutos federais.

“Foi a primeira decisão sábia da minha vida, perceber que educação não é gasto, é investimento. No início do meu governo, falei ‘está proibido, daqui pra frente, qualquer pessoa do governo falar em gasto quando se trata de educação’. Não existe, na história da humanidade, nenhum país que tenha se desenvolvido sem investir na educação do seu povo. Custa menos gastar com educação do que emprestar para grandes empresas”, afirmou Lula.

Veja como foi o encontro de Lula com estudantes na Unicamp:

Enquanto isso, investimentos do governo Bolsonaro no ensino superior batem recordes negativos.