10 de agosto de 2013

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou na noite desta sexta-feira (9) do Encontro do Interior do Partido dos Trabalhadores. Também estiveram presentes o  ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, o ministro da Saúde Alexandre Padilha, o presidente nacional do PT, Rui Falcão e o presidente do PT estadual Edinho Silva entre outras autoridades. Em um discurso de pouco mais de 20 minutos, Lula falou sobre o legado que o PT deixou e citou, entre outras conquistas, o combate à corrupção e o controle da inflação.Para ver mais fotos e baixar imagens em alta resolução, visite o Picasa do Instituto Lula.

“Se existe um partido que tem orgulho de seu legado somos nós. Quero saber quando é que se imaginava que o filho do faxineiro iria se tornar engenheiro. É com muito orgulho que este país, que em dez anos mais que dobrou o número de estudantes em universidades, criou o Prouni, o Pronatec, as escolas técnicas. Que fez mais pelo combate a corrupção do que qualquer governo. Nós tivemos a coragem de dizer que as pessoas que vem para governo, têm de trabalhar direito. Vale para qualquer um”, afirmou o ex-presidente.

E continuou: “Somente um maluco iria acreditar que depois de dez anos garantindo aumento real de salário para todos os trabalhadores e o mínimo, depois de dez anos melhorando a vida do servidor público brasileiro, fazer o pobre subir um degrau a mais na escala de ascensão social a gente iria permitir que essa gente retrocedesse outra vez por conta da inflação. Seria impensável que a presidenta Dilma iria permitir. O que é impensável é que a imprensa que viu uma inflação de 80% ache absurdo uma inflação de 6%. Este país nunca mais vai ter inflação enquanto o PT governar”.