03 de agosto de 2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu nesta quinta-feira (2/8) a visita dos músicos Chico Buarque e Martinho da Vila. Eles chegaram à sede da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, por volta das 15h30.

A senadora Gleisi Hoffmann também participou da visita a Lula e contou como foi o encontro com os músicos.  “Foi um encontro muito legal. O presidente teve condições de agradecer ao Chico e ao Martinho, que foram os articuladores do Festival Lula Livre, no Rio de Janeiro. Ouviu deles como foi o show, a mobilização de todos os artistas, do movimento que estão fazendo em favor do Lula Livre”.  Segundo ela, Lula falou bastante sobre o  que estava vivendo e brincou: “Ele disse: ‘Olha, Chico, diz lá fora que eu sou candidatíssimo’”. A senadora reafirmou que a conversa foi importante porque Lula pôde falar desse seu momento com dois amigos de longa data.

Companheiro histórico de Lula, o compositor Chico Buarque foi uma das atrações do Festival Lula Livre, que reuniu mais de 80 mil pessoas nos Arcos da Lapa (RJ) pela liberdade do ex-presidente. Num dos pontos altos do festival, Chico cantou “Cálice”, ao lado de Gilberto Gil. Martinho da Vila foi  um dos primeiros artistas a fazer um pedido formal para visitar Lula na prisão, ainda no final de abril, mas teve o pedido negado.

Preso político em isolamento, Lula recebe sempre às quintas-feiras a visita de dois amigos. Diversas lideranças políticas e culturais nacionais e internacionais já passaram pela Superintendência da Polícia Federal para demonstrar solidariedade ao ex-presidente e denunciar sua prisão política.