04 de abril de 2019
Foto: Denise Veiga

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mandou um recado nesta quinta-feira (4). “Prefiro ser um preso digno do que ser um solto rato”, disse ao jornalista Juca Kfouri, que o visitou na prisão. Lula está preso há quase um ano, vítima de uma perseguição judicial que tem como objetivo interditar sua figura política.

Hoje, o ex-presidente recebeu além de Kfouri, o procurador aposentado de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro, Afrânio Jardim. O ex-procurador questionou o processo e a prisão de Lula, que classificou como “brutalidade”. Assista o depoimento dos dois: