09 de fevereiro de 2022

Em entrevista à Rádio Clube de Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (9), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que é necessário diálogo entre os setores da sociedade para recuperar o Brasil econômica e politicamente em um eventual novo governo.

“Quero conversar com todo mundo, com quem gosta de mim e com quem não gosta. Porque se a gente ganhar, vou ter que conversar com todo mundo, com quem gosta e com quem não gosta. Com o banqueiro e com o bancário, com o operário e com o empresário, para recuperar a destruição que foi feita neste país. Precisamos de todo mundo para recuperar este país, é uma tarefa para 213 milhões de brasileiros”, disse Lula.

Perguntado sobre o cenário eleitoral, em que pesquisas apontam uma vantagem significativa para sua candidatura, o ex-presidente pregou calma e lembrou seus resultados em outras votações.

“A gente não pode ser presunçoso quando disputa uma eleição. Eu nunca ganhei no primeiro turno. Disputando o segundo, eu consegui construir alianças políticas e me fortalecer. Quero mostrar o que aconteceu neste país no nosso governo. Não posso esquecer o legado que nós deixamos para este país. O presidente que está aí não liga para o Nordeste. Sempre recebi todo mundo, independente de partido. E é com essa disposição e civilidade que eu quero governar este país”, completou.

Veja outras declarações de Lula para Rádio Clube de Pernambuco: