24 de janeiro de 2020

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou nesta sexta-feira (24), em entrevista à Rádio Itatiaia de Minas Gerais, a mais recente crise no governo Bolsonaro, envolvendo o ex-juiz e ministro Sérgio Moro.

“Eu acho que o Moro quer estar nas urnas sim. A sentença contra mim já mostrava que ele era político. Um juiz político que me condenou por ‘atos’ indeterminados. Ou seja, nem ele sabe porque me condenou”, disse Lula.

Moro ocupa atualmente o ministério da Justiça e da Segurança Pública no governo de Jair Bolsonaro, eleito após Lula ser impedido de disputar as eleições presidenciais de 2018.

A defesa de Lula pede a anulação dos processos contra o ex-presidente baseada na suspeição do ex-juiz, que conduziu de forma parcial o julgamento contra Lula. A parcialidade de Moro também deve ser analisada pela ONU.