30 de setembro de 2018

Faltando uma semana para as eleições, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, assume pela primeira vez a liderança da corrida presidencial, em situação de empate técnico com Jair Bolsonaro (PSL). As intenções de voto em Haddad seguem em movimento ascendente, enquanto todos os demais estagnaram.

Segundo pesquisa MDA divulgada na madrugada deste domingo (30/09), Haddad subiu oito pontos em relação à pesquisa anterior e agora tem 25,2% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro estacionou em 28,2%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

Nas simulações de segundo turno, Haddad vence por 42,7% a 37,3%, placar próximo do apurado também pelo último Datafolha, divulgado na sexta-feira (28/09). Bolsonaro só ganha de Haddad na taxa de rejeição: 55,7% a 48,3%.

Entre os demais candidatos, Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro com 9,4%, seguido de Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,3% e Marina Silva (REDE) com 2,6%.

A pesquisa, encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes), ouviu 2.002 pessoas entre 27 e 28 de setembro e está registrada no TSE sob o número BR-03303/2018.