22 de agosto de 2018

A TV Gazeta vai censurar qualquer imagem de referência ao ex-presidente Lula no debate que realizará no dia 9 de setembro, em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo e com o Twitter. Em reunião na tarde desta quarta-feira (22/08) para aprovação das regras do debate, as candidaturas adversárias a Lula votaram pela retirada do púlpito destinado ao ex-presidente da bancada, caso ele seja impedido de participar. A censura fere inclusive a regra básica do debate da Gazeta, que manterá na bancada o púlpito vazio dos demais candidatos que não comparecerem. Ou seja, a nova regra vale apenas para Lula.

As candidaturas que pediram para retirar o espaço reservado a Lula no debate foram: Geraldo Alckmin, Jair Bolsonaro, Marina Silva, Henrique Meirelles e Ciro Gomes. A candidatura de Guilherme Boulos, do PSOL, votou pela manutenção do espaço reservado a Lula. O partido Patriotas se absteve.

Lula foi registrado oficialmente e pode, pela Lei, participar de todos os atos da eleição. O direito de Lula ser candidato com acesso à imprensa foi recentemente confirmado pelo Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas.