23 de agosto de 2018

Em 20 de agosto de 2017, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegava a Sergipe, mais especificamente a Estância. Ali, ele iniciava a visita ao Estado com o projeto Lula Pelo Brasil, que a princípio passaria por Aracaju, Itabaiana, Nossa Senhora da Glória, Estância e Lagarto, mas foi estendido para Campo de Brito, Japoatã e São Domingos.

Em cada uma das cidades, o presidente foi recebido por multidões calorosas. Era uma forma do povo agradecer as inúmeras conquistas que permitiram que o Estado se desenvolvesse em diversas áreas.

Lula recebeu várias honrarias, entre elas o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), em Lagarto. Entretanto, a maior honraria foi, sem dúvida, saber que 434 mil sergipanos saíram da extrema pobreza durante os governos petistas.

“Os oito anos de Lula e os quatro da Dilma foram governos que respeitaram a construção de políticas nacionais para a nossa população brasileira”, disse, na época, o deputado federal João Daniel (PT-SE).

Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, programas de incentivo à agricultura familiar, construção de cisternas, além da criação de universidades, escolas técnicas e institutos federais foram determinantes para transformar a vida dos sergipanos para melhor.

Lula fez apenas um pedido ao povo de Sergipe: “Não desistam nunca de sonhar com um futuro melhor”.