24 de agosto de 2018

Em carta redigida de próprio punho, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou uma mensagem aos sete militantes de movimentos populares que estão há 25 dias em greve de fome, em defesa de sua liberdade e pedindo justiça ao Supremo Tribunal Federal (STF). O texto foi escrito na última quarta-feira (22).

Confira a íntegra do texto:

“Caros Companheiros e Companheiras,

Jaime Amorim, Zonália Santos, Rafaela Alves, Frei Sérgio, Luiz Gonzaga, Vilmar Pacifico e Leonardo Soares,

Não tenho palavras para agradecer o gesto e a atitude de vocês em defesa da democracia, da liberdade, da expressão em defesa dos direitos do povo trabalhador do campo e da cidade, e também pelo direito de eu ser candidato à Presidência da República.

Não sou candidato de mim mesmo, sou candidato de uma causa, sou candidato porque o povo quer, sou candidato para garantir a Soberania Nacional, para terminar de fazer a Reforma Agrária e dar aos pequenos agricultores da Agricultura Familiar os direitos e o respeito que eles merecem.

Vamos juntos derrotar os candidatos das elites e da Globo, porque vocês fizeram com que, pela primeira vez, o povo brasileiro fosse no Supremo Tribunal Eleitoral inscrever um candidato.

Minha total solidariedade, cuidem-se porque o Brasil precisa do gesto e do voto de vocês!

A luta continua, venceremos.

Lula

22/08/2018″