26 de julho de 2018

Nelson Sargento nasceu como Nelson Mattos. O Sargento, do autor do inesquecível samba “Agoniza mas não morre” (de 1979), corresponde, na verdade, à mais alta graduação que o cidadão Nélson atingiu quando serviu ao Exército brasileiro, na década de 40.

Viveu durante longos anos nos morros da cidade do Rio de Janeiro (hoje vive em Copacabana) e é um artista das antigas da melhor qualidade: compositor, cantor, pesquisador da música popular brasileira, artista plástico, ator e escritor brasileiro. Sua trajetória na música, na literatura e nas artes são suficientes para vários carnavais.

O compositor mangueirense possui, aproximadamente, 400 músicas em seu repertório.

Neste dia 28 de julho (sábado), Nelson cantará pela libertação do ex-presidente no Festival Lula Livre, nos Arcos da Lapa, no Rio de Janeiro.