21 de outubro de 2018

O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis, considerado um dos maiores cientistas do mundo em sua área, expressou sua indignação quanto ao escândalo das fake news nas eleições brasileiras e cobrou um posicionamento das instituições brasileiras a respeito, especialmente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na quinta-feira (18/10), o jornal Folha de S.Paulo trouxe a denúncia de que “empresários bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp“, acrescentando que ,”com contratos de R$ 12 milhões, prática viola a lei por ser doação não declarada”.

Em sua conta pessoal no Twitter, Nicolelis escreveu: “Na capital mundial do surrealismo, WhatsApp toma a frente do TSE e STF como único agente regulador da eleição. Sociedade brasileira foi abandonada à própria sorte pela total covardia e inépcia dos que são pagos para defender a nossa Constituição e a lisura das eleições”.

Confira abaixo: