31 de agosto de 2018

Nesta sexta-feira (31/08), Fernando Haddad, candidato a vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu porta-voz, esteve em Fortaleza, no Ceará, e participou de ato ao lado de Camilo Santana, candidato pelo Partido dos Trabalhadores à reeleição do governo do estado. O ato aconteceu na Praça do Ferreira e reuniu milhares de pessoas.

Haddad se relembrou de quando visitou o interior do Ceará ao lado de Lula. “Quando visitamos as cidades daqui, como o Cariri, a gente queria que o jovem do interior, o filho do trabalhador, não precisasse vir à Fortaleza para estudar, que pudesse permanecer no interior. Foi por isso que levamos o Prouni e o Reuni para o interior, construímos câmpus, para que todos mostrassem o seu talento”.

Ao comentar sobre a candidatura de Lula, Haddad falou que só vai descansar quando ver Lula subindo a rampa do Planalto, e que é preciso ter um pacto eterno com a democracia. “Nós queremos o país de volta, a soberania do povo. A ONU está dizendo: deixa o povo escolher. Segunda-feira estarei novamente com Lula, quem sabe para levar uma boa notícia, que as autoridades brasileiras abraçaram a democracia e ele vai ser candidato”.

O governador Camilo Santana disse ter certeza de que o Partido dos Trabalhadores irá recuperar a democracia do país com Lula Livre. “Nós sabemos da injustiça que o Lula está passando e Haddad está percorrendo o país inteiro nesse momento levando a voz de Lula, levando o legado do Lula. O legado que ele deixou aqui no Nordeste, deixou no Ceará, para que os filhos do trabalhador pudessem ter o direito de estudar, para que a dona de casa tivesse o direito de melhorar a vida de seus filhos. O legado de olhar para os pobres foi o grande legado que Lula deixou”.

31/