08 de abril de 2022
Foto: Divulgação

Nota de pesar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo falecimento do jurista Dalmo de Abreu Dallari:

“O Brasil perdeu hoje um dos seus maiores juristas e defensores dos direitos humanos, o professor Dalmo de Abreu Dallari. Ao longo de 90 anos de vida e mais de 60 anos de atuação profissional, sua trajetória de luta pela democracia foi uma inspiração. Um grande ser humano e um brasileiro imprescindível.

Após se tornar professor da Faculdade de Direito da USP em 1964, Dalmo ajudou a criar a Comissão Pontifícia de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo em 1972, que denunciou as torturas da ditadura militar e defendeu os direitos de inúmeras vítimas da repressão.

Entre agosto de 1990 e dezembro de 1992, ele foi secretário de Negócios Jurídicos da Prefeitura do Município de São Paulo, na gestão da prefeita Luiza Erundina.

Meus sentimentos à esposa, filhos, netos, bisnetos, alunos, colegas e admiradores.”