04 de outubro de 2016

A Câmara dos Deputados deve votar nesta terça-feira (04) as alterações no Pré-Sal que aumentam a participação das empresas privadas na exploração e estabelecem o fim da obrigatoriedade da Petrobras ser a operadora dos campos. 

Durante coletiva de imprensa realizada na tarde de hoje, na Câmara dos Deputados, os líderes da Minoria na Câmara e no Senado, Jandira Feghali e Lindbergh Farias, denunciaram os prejuízos da PEC 241 – que limita os gastos públicos por 20 anos -, e o projeto de lei (PL 4567/2016), que retira da Petrobras a condição de operadora única do petróleo do pré-sal. 

Também participaram da entrevista o líder do PCdoB, Daniel Almeida; o líder do PDT, Weverton Rocha; e os vice-líderes da Minoria José Guimarães e Henrique Fontana. As deputadas federais Luciana Santos, Alice Portugal e Ângela Albino, todas do PCdoB, também estiveram na coletiva.

Confira: 

O Vice-líder da Minoria, deputado José Guimarães (PT-CE), também falou sobre a tentativa de entrega do Pré-Sal: