21 de junho de 2022
Foto: Ricardo Stuckert

O Movimento Vamos Juntos pelo Brasil lançou, nesta terça-feira, 21, a plataforma digital que vai permitir que qualquer pessoa apresente a sua contribuição ao programa da chapa Lula-Alckmin. O site do Programa Participativo Juntos pelo Brasil é um ambiente digital completo para receber de forma ampla e democrática as sugestões de todos os brasileiros que desejam contribuir com o projeto de reconstrução do país. A plataforma pode ser acessada no site https://www.programajuntospelobrasil.com.br/.

As contribuições são feitas por um formulário simples, que exige a identificação completa do usuário. A plataforma é acessível para quem tem dificuldades com o ambiente digital e também para pessoas com deficiência.

Ao entrar na plataforma, escolhe em qual dos três eixos que organizam o programa deseja fazer a sua proposta, em seguida, seleciona o tema específico da sua proposta. Isto feito, abre-se um formulário para o preenchimento dos dados pessoais, o título e o texto da proposta.

Os eixos que organizam o Programa Participativo Juntos Pelo Brasil são os seguintes:

  • Eixo 1 – Desenvolvimento social e garantia de direitos;
  • Eixo 2 – Desenvolvimento econômico e sustentabilidade socioambiental e climática;
  • Eixo 3 – Defesa da democracia e reconstrução do Estado e da Soberania.

Estes eixos expressam, de forma geral, as prioridades que unem os 7 partidos que fazem parte do Movimento Vamos Juntos Pelo Brasil.

Durante o evento de lançamento da plataforma, o movimento apresentou um documento com as diretrizes do programa da chapa Lula-Alckmin, formulado de forma conjunta pelos partidos. Como destacou o ex-ministro Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, organização responsável pela sistematização do documento, trata-se de um documento-base que será aperfeiçoado com a participação popular.

“Esse documento não é a chegada. É um ponto de partida e tem que ser compreendido como um ponto de partida. Esse documento é um convite a todos aqueles que querem participar, debater e ajudar a reconstruir esse país. Portanto, é um documento que está aberto a todo tipo de contribuição”, afirmou Mercadante.

As diretrizes destacam a urgência do combate à fome e a pobreza; a retomada do investimento para gerar crescimento e emprego; o combate à inflação e a redução do custo de vida; a defesa da Amazônia, o respeito às leis ambientais e a proteção dos povos indígenas; além da defesa da democracia, da justiça, da paz, da soberania e da reinserção do Brasil no mundo.

VEJA o vídeo de apresentação do Programa Participativo Juntos pelo Brasil: