18 de maio de 2021
Foto: Victor Moriyama

Da Redação do PT

O Partido dos Trabalhadores repudia o ataque de garimpeiros nesta segunda-feira, 10, à comunidade indígena Yanomami, que fica na região Palimiú, em Roraima.

Veja a nota do PT:

“É crescente a violência, a invasão de terras, o garimpo ilegal, a destruição e ausência premeditada do governo brasileiro nas políticas e causa dos povos indígenas.

Hoje, por volta das 11h30, segundo informações da Hutukara Associação Yanomami, no estado de Roraima, garimpeiros em ato de assalto a mão armada atacaram a comunidade de Palimiú, ferindo várias pessoas, aumentando a onda de violência, já denunciadas neste território.

O Partido dos Trabalhadores, por meio da Secretaria Nacional de Movimentos Populares e Políticas Setoriais, repudia os atos covardes de violência, mais ainda, a conivência silenciosa dos órgãos públicos responsáveis.

É absoluta a ausência de políticas e recursos diante da pandemia da Covid -19, contribuindo com a vulnerabilidade e o aumento de extermínio dos nossos povos originários, alguns deles ainda isolados neste território.

Manifestamos a nossa total solidariedade aos povos Yanomamis e, amplificamos às denúncias em mãos das autoridades brasileiras para que tomem providências urgentes: a retirada dos garimpeiros, a proteção contra a violência e paralisação da destruição como descritas no relatório o Cicatrizes na Floresta de 2020 que informa: “São mais de 20 mil garimpeiros invasores em um total de 500 hectares, cerca de 30% do Território Indígena destruídos.” Com prejuízos incalculáveis à humanidade, à cultura ancestral e aos direitos humanos”.

Vera Lucia da Cruz Barbosa, Secretaria Nacional de Movimentos Populares e Políticas Setoriais do Partido dos Trabalhadores (PT)