15 de agosto de 2011

Membros do Instituto Cidadania e pessoas ligadas à instituição irão se reunir nesta segunda-feira (15), em São Paulo, para discutir a mudança formal da entidade para Instituto Lula. A nova organização irá atuar para fortalecer a cooperação do Brasil com a África e com a América Latina.

(Saiba mais sobre a atuação de Lula em relação à África e à América Latina)

História

O Instituto Cidadania foi criado em 1990 pelo ex-presidente Lula, acadêmicos, sindicalistas e participantes de movimentos sociais para atuar na elaboração de projetos e políticas públicas para o fortalecimento do Brasil.

Suprapartidária, a instituição foi o espaço onde Lula debateu e elaborou com toda a sociedade propostas de políticas públicas antes de ser eleito presidente em 2002. Entre outras realizações, o instituto promoveu, na década de 1990, o Governo Paralelo e as Caravanas da Cidadania.

No Instituto Cidadania também foram criados projetos que balizaram políticas públicas aplicadas pelo governo Lula. O Projeto Moradia inspirou a criação do Ministério das Cidades, do Conselho Nacional das Cidades e de programas habitacionais e de saneamento básico. O Projeto Segurança Pública deu fundamento ao Sistema Único de Segurança Pública, articulado pelo Ministério da Justiça. O Projeto Energia Elétrica concebeu as bases gerais do programa energético nacional.  O Projeto Reforma Política, apresentado à Comissão Especial de Reforma Política da Câmara dos Deputados, forneceu subsídios valiosos para a proposta que tramita no Legislativo. O Projeto Fome Zero deu origem ao programa federal de segurança alimentar e combate à fome hoje distribuído por vários ministérios e aglutinado no Bolsa Família.