29 de abril de 2022

Já bateu a saudade do primeiro carnaval desde a pandemia, né? Desminta as principais fake news bolsonaristas para tentar esconder o apoio a Lula nas festas da semana passada.

No primeiro desfile de Carnaval após dois anos de pandemia, o povo brasileiro foi ao Sambódromo conferir o desfiles da escola, celebrar a alegria de ser esperança como um grito de esperança que há muito estava preso na garganta. Os enredos apresentados relembraram a dor daqueles que perdemos nos últimos anos, e também a indignação pela falta de compromisso, humanidade e competência demonstrada pelo presidente Jair Bolsonaro no combate à pandemia de covid-19.

Gaviões da Fiel retratou a injustiça social, o racismo, o fascismo e a degradação da nossa democracia, com referências ao desmatamento, aos políticos extremistas e ao descaso com a educação. Já o desfile da Paraíso do Tuiuti embarcou no tema “O Salvador da Pátria” e fez diversas referências a Lula.

No desfile da Rosas de Ouro, em São Paulo, Jair Bolsonaro virou jacaré depois de ser vacinado, ressaltando a importância da ciência e fazendo referência às suas falas de boicote à imunização em massa no país. Em resposta, se limitou a dizer: “Ruim”.

Enquanto o samba e a alegria tomavam conta do Carnaval, manifestações espontâneas aconteceram por todo o país. Da Sapucaí, no Rio de Janeiro, o povo pedia por Lula! “Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”! Entoavam ainda o canto que segue preso na garganta: Fora, Bolsonaro!” Até alguns dos famosos, como Andrea Beltrão, entraram na onda. Enquanto isso, o povo dos camarotes se incomodou, e reagiram com ofensas ao ex-presidente. Pegou mal, também, para o filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, que foi vaiado ao longo de um longo percurso de 10 minutos. É claro que a TV Globo ignorou solenemente as manifestações.

+ Como denunciar mentiras e fake news do bolsonarismo

Mas é difícil esconder o que ecoou durante as festas de Carnaval:

Diante dessa imensa demonstração de carinho na voz de tantas pessoas, a base bolsonarista que conta seu apoio em motocicletas correu para criar sua fake news sobre o caso. Recebemos no Verdade na Rede dezenas de denúncias de um vídeo que circula nas redes sociais que mostraria um coro contrário a Lula nessa mesma Sapucaí. Pura invenção.

“Embora o vídeo seja autêntico, o áudio foi editado e não corresponde a essa gravação. Na versão original, as pessoas da arquibancada da Marquês de Sapucaí são filmadas fazendo coro em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e não contrário a ele”, explicou a Agência Lupa. É isso mesmo: a cara de pau é tamanha que pegaram as imagens de quem pedia por Lula e cobriram com um áudio totalmente fake para dizer que o contrário aconteceu. Uma gravação do mesmo dia feita a partir de um ângulo diferente mostra o público gritando “olê, olê, olá, Lula, Lula”

A agência de notícias AFP também fez a checagem e atestou: “o vídeo, registrado durante os ensaios técnicos em 27 de março, foi adulterado, pois no áudio original o público cantava olê, olê, olê, olá, Lula, Lula”. E o mesmo fez o Boatos.org: “Ao analisar o vídeo, podemos ver um erro que inviabiliza a sua veracidade. É possível ver que o som ambiente muda bruscamente quando as pessoas param de falar “Globo Lixo” e começam a falar “Lula na cadeia”. Isso denota que o áudio foi inserido para tirar o vídeo de contexto”.

+ Entre em um de nossos grupos de Whatsapp e torne-se um Agente da Verdade!

O Projeto Comprova também desmentiu a farsa: “Os áudios com os ataques à Rede Globo e ao ex-presidente foram inseridos digitalmente sobre as imagens originais”. O problema, aqui, é outro. Segundo o portal, “no Facebook e no TikTok, até o dia 26 de abril, posts semelhantes acumulam pelo menos 22 mil interações”. É por isso que reiteramos: na dúvida, diante de um conteúdo mentiroso, não compartilhe nem com seus amigos! Qualquer publicação, mesmo em tom de denúncia, ajuda a divulgar aquele conteúdo com o qual você discorda. O caminho é simples: acesse o banco de vacinas contra fake news do Verdade na Rede e, para cada mentira, compartilhe uma verdade.

Blocos nas ruas com Lula

Apesar de o último feriado ter sido prioritariamente dos desfiles oficiais das Escolas de Samba, alguns blocos de rua, especialmente no Sudeste, aproveitaram para soltar a voz. Como esses foliões no Aterro do Flamengo, no Rio…

… ou o pessoal do bloco do Fuá, em São Paulo, que instalou varais com bandeiras de oposição ao governo de Jair Bolsonaro (PL). Entre elas, havia frases como “Sua vida vale 1 dóllar” e “Fora Bolsonaro”. Outra era ilustrada com rosto de Lula e a frase “a verdade vencerá“.

O Acadêmicos do Baixo Augusta também teve o seu “olê, olá”!

E também teve folião lulista em João Pessoa, na Paraíba:

Sem festa de rua, a folia em alguns estados nordestinos, como a Bahia, ficou por conta de shows particulares. Foi numa dessas apresentações, em Pernambuco, que o cantor Johnny Hooker deu o seu recado no Festival Fervo de Carnaval, que aconteceu no último dia 16.

Desde os ensaios, no último mês, as homenagens a Lula já tomavam conta do Brasil. Com ela, sim, a famosa toalha, que foi erguida por uma das baianas que participou da tradicional cerimônia de lavagem da Passarela do Samba, que busca abrir caminhos para os desfiles.

A voz do povo não nega: o Brasil é o país do Carnaval, da alegria e da esperança. Não somos e jamais seremos um país movido pelo ódio e pela mentira, como querem nos fazer acreditar aqueles que destroem a nação e ousam tentar se apropriar da nossa bandeira.

Seja um Agente da Verdade!

Verdade na Rede concentra as vacinas já produzidas para o vírus bolsonarista da mentira. Você que já tomou a primeira, a segunda e a terceira doses da vacina contra o coronavírus: é hora de se imunizar contra as fake news na internet. Busque vacinas e imunize seus familiares, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, de igreja e quem vier espalhar mais uma lorota das milícias digitais.

O caminho para a verdade é simples e conta com o apoio da nossa equipe. Os passos são os seguintes:

1 – Viu uma mentira?

Não a divulgue, nem para seus amigos mais próximos. Bolsonaro quer nos afogar nas suas falsidades. Saia dessa. Respire fundo, entre em https://lula.com.br/verdadenarede/ e busque uma vacina para as fake news que não param de pingar nos seus grupos de zap.

É só ir no campo de busca e digitar uma palavra marcante da notícia falsa.

Responda a mentira com uma verdade. O nosso site reúne o material das agências de checagem e conteúdo próprio. É preciso desmontar os argumentos falsos e as narrativas fantasiosas do bolsonarismo. Ao responder à mentira, encaminhe uma das vacinas, aproveite e já envie algumas das realizações dos governos do PT para gerar um debate produtivo e sem briga.

2 – Não encontrou uma vacina?

Denuncie a fake news com a qual você se deparou. Você pode fazer isso em nosso site, clicando no botão vermelho DENUNCIE AQUI. Produziremos novas vacinas a partir das novas cepas do bolsovírus. Além disso, nosso time jurídico irá avaliar a sua denúncia e, se for necessário entraremos em contato para maiores informações.

3 – Como seguir informado?

É só se cadastrar em um dos nossos grupos de WhatsApp. Eles estão na página inicial do Verdade na Rede. Estaremos sempre de olho. Procurando as mentiras que circulam nas redes e em grupos de WhatsApp e Telegram e trazendo a verdade.

Além disso, os grupos também serão espaço para trocar informações e técnicas para eliminar as fake news. Seja um agente da verdade!

Vamos neutralizar o Bolsovírus e respirar os ares da democracia e da verdade. Vacine-se contra as fake news. Embarque no nosso mutirão!