13 de outubro de 2021
Foto: Ricardo Stuckert

A luta pelo direito à vida de humanos e animais ganhou força no Partido dos Trabalhadores (PT), com a criação do Setorial de Direitos Animais. O manifesto de princípios e diretrizes para a atuação do partido neste tema foi entregue ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, por integrantes do novo setorial na quinta-feira (7), durante a passagem do ex-presidente por Brasília.

“O respeito aos animais, à natureza e a boa convivência entre os seres é nosso passaporte para o futuro”, comentou Lula sobre o encontro.

Os militantes dos direitos animais estiveram no encontro com Lula acompanhados da cadelinha Sofia, que, como muitos animais de estimação, teve uma história de vida marcada por maus tratos até ser resgatada por protetores voluntários. O manifesto e as propostas desenhadas pelo setorial, entretanto, vão muito além dos cuidados com cães e gatos.

O desafio é pensar políticas que contemplem animais domesticados, familiares, silvestres e também aqueles explorados pela indústria e pela ciência, para o quais é preciso criar proteções que impeçam a crueldade extrema. Mas mais ainda: a discussão sobre os direitos animais precisam ser pensadas também a partir da interrelação com o direito à vida e dignidade humana.

“É um Setorial que luta pela vida das pessoas e de todos os animais, pois direitos humanos e direitos animais estão conectados”, comentou a coordenadora nacional do Setorial de Direitos Animais do PT, Vanessa Negrini. Ela lembrou que questões de saúde coletiva, como o surgimento de doenças letais e altamente contagiosas, estão intimamente ligada à exploração predatória de animais.

Além disso, é preciso considerar a relação entre direitos animais, impactos ambientais e a insegurança alimentar. Um exemplo é a pecuária industrial, que acaba provocando a redução da oferta global de água e alimentos ao estimular a produção de alimentos que servem de ração (como a soja) em detrimento de culturas cujo destino direto é a alimentação humana.

*Com informações do site do PT Nacional.